terça-feira, abril 28

De Susan Boyle a Vanessa Carlton

. terça-feira, abril 28



Já até sei, meu amigo, o que você está pensando: ...lá vem esse cara de novo falando de coisas nada a ver! Pelo tílulo... Muito bem, putada! Vamos logo porque "o tempo ruge e a Sapucaí é grande"!

Seria possível, num mesmo programa de auditório, em pouco tempo, apresentar três variantes de estilos musicais completamente diferentes? É claro que não, certo?! ERRADO. Gugu Liberato explica.

No mesmo domingo, o programa dele comentou sobre Susan Boyle, a cantora feia que ganhou o mundo, grande sucesso do YouTube e, também, outro sucessão da web: Stefhany. Há boatos de que o vídeo de Susan teve mais visitas que a posse de Obama.

Stefhany, que tem a grafia do nome errada, assim mesmo, é um fenômeno da música underground! \o/ Ela arranjou uma versão inigualável de A Thousand Miles, da deliciosa Vanessa Carlton. Digo "arranjou" porque é óbvio que, se nem português ela fala direito, imagina traduzir uma letra em inglês... Como bem disse o pessoal do Buteco da Net, a "cantora" é uma espécie de 'mistura de Sandy e Beyoncé do Piauí'.

Entitulada Eu Sou Stefhany, a canção é repetitiva, quase sem nexo, e tenta falar de uma mulher que se acha, por causa de seu Cross Fox... mas não passa de uma mal-amada. A única coisa boa é sua melodia, quase idêntica à original, porque não foi Stefhany que fez, óbvio.

Finalizando, amigos... havemos de convir:
- Pra quê admirar a beleza-sem-voz de Stefhany, ou a voz-sem-beleza de Boyle, se podemos nos deleitar com qualidades tão mais presentes em Vanessa Carlton??



Abraços!

Anjo leu no G1 que a Susan tá tentando virar uma feia arrumadinha... ^^ Joga no Google, só...

0 Comentários:

Postar um comentário